9.685 mudaram de operadora de celular no Ceará

9.685 mudaram de operadora de celular no Ceará

PUBLICIDADE
13 out 2015

Diário do Nordeste – Não é de hoje que as quatro maiores operadoras de telefonia móvel atuantes no Ceará se desdobram na tentativa de atrair cada vez mais clientes para seus serviços, inclusive aqueles que estão na concorrência. Minutos grátis para ligações locais e interurbanas, maior pacote de dados e acesso ilimitado às redes sociais são algumas das vantagens oferecidas para tentar atrair os consumidores cearenses que, aparentemente, não hesitam muito na hora de mudar de ares. Prova disso é que a portabilidade na telefonia móvel do Estado subiu 32,3% no terceiro trimestre deste ano, ante o trimestre anterior.

 

Minutos grátis para ligações, maior pacote de dados e acesso ilimitado às redes sociais são algumas das vantagens oferecidas para tentar atrair os consumidores cearenses, que não hesitam muito na hora de mudar de operadora. FOTO: KLÉBER A. GONÇALVES / DIÁRIO DO NORDESTE

Minutos grátis para ligações, maior pacote de dados e acesso ilimitado às redes sociais são algumas das vantagens oferecidas para tentar atrair os consumidores cearenses, que não hesitam muito na hora de mudar de operadora. FOTO: KLÉBER A. GONÇALVES / DIÁRIO DO NORDESTE

A informação consta no relatório trimestral da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom), entidade administradora do serviço, que apontou que um total de 9.685 cearenses utilizaram a portabilidade para mudar de operadora móvel nos três últimos meses deste ano, exatamente 2.368 a mais do que no segundo trimestre de 2015. Desse total, 9.386 possuem DDD 85 e os demais têm número com DDD 88.

 

Na telefonia fixa, que geralmente possui pacotes atrelados à internet residencial, algo que impacta bastante na escolha dos clientes, houve queda de 19,3% na portabilidade do Estado, tendo em vista que 6.074 pessoas utilizaram o serviço para mudar de operadora nos últimos três meses, enquanto 7.531 o fizeram no trimestre imediatamente anterior. De acordo com a ABR Telecom, assim como aconteceu na telefonia móvel, a grande maioria (5.945) daqueles que alteraram sua respectiva operadora eram de DDD 85. Outros 129 possuiam DDD 88.

 

Balanço geral tem alta

 

Em número totais, considerando a telefonia móvel e fixa, a portabilidade também apresentou crescimento no Ceará, já que foram 15.759 procedimentos no terceiro trimestre deste ano, ante 14.848 dos três meses anteriores (alta de 6,1% no período).

 

Em todo o território nacional, considerando apenas o terceiro trimestre deste ano, a ABR Telecom informa que 1,06 milhão de trocas de operadoras foram concluídas. Nesses três meses, 387,58 mil (36 %) migrações foram demandadas por usuários de terminais fixos e outras 678,53 mil (64%) de móveis.
Implantação
A portabilidade numérica foi implantada gradativamente a partir de setembro de 2008 nos 67 DDDs em operação no Brasil, alcançando todo o território nacional em março de 2009. Desde que o serviço passou a fazer parte dos serviços telefônicos dos DDDs 85 e 88, os usuários do Ceará realizaram 505,91 mil ações de portabilidade. O equivalente a 258 mil (51%) solicitações foram feitas por usuários de telefones fixos e 247,80 mil (49%) de telefones móveis.

 

Em todo o Brasil, mais de 29 milhões de trocas de operadoras sem mudança do número do telefone foram efetivadas nos sete anos de existência da portabilidade numérica completados em setembro. Segundo a ABR Telecom, 11,20 milhões (38%) de migrações foram efetivadas por usuários de telefones fixos e outras 18,10 milhões (62%) foram oriundas de terminais móveis.

 

Como fazer

 

O processo da portabilidade numérica inicia quando o usuário procura a operadora para onde ele quer migrar e faz a solicitação. A empresa escolhida pelo usuário deve também fornecer um número de protocolo da solicitação a fim de que ele possa acompanhar o processo de transferência. O modelo de portabilidade numérica no Brasil determina que as migrações só podem se efetivar dentro do mesmo serviço – móvel para móvel ou fixo para fixo – e na área de abrangência do mesmo DDD.

 

O tempo de transferência para efetivação da portabilidade numérica é de três dias úteis ou após esta data, se o usuário preferir agendar. Para desistir da portabilidade numérica, o usuário tem dois dias úteis, após a solicitação de transferência, para suspender o processo de migração.

 

Serviço

 
O site da ABR Telecom disponibiliza uma ferramenta de busca para pesquisar a qual operadora pertencem os números de telefones que já realizaram a portabilidade numérica no Brasil.
Além disso, também é possível acompanhar, através do endereço online, o movimento de pedidos e efetivações de transferências da portabilidade numérica conforme o DDD e a data de início do serviço. O site é www.abrtelecom.com.br.

Comentários