Aluno da Escola Profissionalizante de Aurora conquista medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

PUBLICIDADE
19 nov 2015

Okariri.com – O estudante Francisco Guilherme Lobo Brilhante, do Curso Técnico em Administração da Escola Profissional Leopoldina Gonçalves Quezado de Aurora foi premiado com uma medalha de bronze na 11ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). O aluno participou, no dia 12 de setembro, da segunda fase da 11ª OBMEP e conquistou o 3° lugar. Ele competiu com mais de 300 mil alunos do Ensino Médio de todo país.

 

Francisco Guilherme Lobo Brilhante, cursa o 3º ano do ensino médio na Escola profissionalizante Leopoldina Gonçalves Quezado, em Aurora. FOTO: REPRODUÇÃO / PLÁCIDO BEZERRA

Francisco Guilherme Lobo Brilhante, cursa o 3º ano do ensino médio na Escola profissionalizante Leopoldina Gonçalves Quezado, em Aurora. FOTO: REPRODUÇÃO / PLÁCIDO BEZERRA

 

Para Guilherme, o prêmio foi resultado de muito esforço e do apoio que recebeu dos seus professores na escola. “Segui a orientação de Albert Einsten, que dizia que o único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário, e fiquei muito feliz com essa conquista”, afirmou animado.

 

Francisco Guilherme ao lado da professora de matemática - Samaria Nascimento. FOTO: REPRODUÇÃO / PLÁCIDO BEZERRA

Francisco Guilherme ao lado da professora de matemática – Samaria Nascimento. FOTO: REPRODUÇÃO / PLÁCIDO BEZERRA

A comunidade escolar compareceu ao momento da premiação e o núcleo gestor parabenizou os envolvidos no processo, tanto os professores de matemática, Samaria Nascimento, Aldemir Calixto e Sávio Simões, como, principalmente, o estudante premiado. Segundo a professora Samaria Nascimento, que também é a coordenadora da Olimpíada na escola, coordenar essa atividade foi uma tarefa muito enriquecedora. “Fico muito feliz do meu aluno ter sido premiado, esta é uma conquista de todos nós que fazemos a EEEP Leopoldina Gonçalves Quezado”, destacou.

 

Os medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC 2015), que será realizado ao longo de 2016. FOTO: REPRODUÇÃO / PLÁCIDO BEZERRA

Os medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC 2015), que será realizado ao longo de 2016. FOTO: REPRODUÇÃO / PLÁCIDO BEZERRA

 

Os medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC 2015), que será realizado ao longo de 2016. Também serão premiados professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacarem por conta do desempenho dos seus alunos.

Comentários