Apesar de ter dobrado, presença de mulheres na Câmara Municipal de Aurora representará apenas 18% na próxima legislatura

Apesar de ter dobrado, presença de mulheres na Câmara Municipal de Aurora representará apenas 18% na próxima legislatura

PUBLICIDADE
14 out 2016

A representatividade feminina na Câmara Municipal de Aurora dobrou após a realização do pleito eleitoral no último dia 02 de outubro.

 

Para a próxima legislatura, além de Iracilda, Tânia Macedo endossará a representatividade na Casa do Povo.

Para a próxima legislatura, além de Iracilda, Tânia Macedo endossará a representatividade na Casa do Povo.

representatividadeNo entanto, na comparação entre a atual e a nova legislatura que começa a partir de 1º de janeiro de 2017; percebe-se que o número de mulheres com assento no parlamento mirim de Aurora ainda se encontra muito aquém do esperado.

 

Atualmente apenas uma mulher representa a classe feminina na Câmara de Aurora, a vereadora Maria Iracilda, reeleita para o 5º mandato consecutivo com uma votação recorde de 1.659 votos.

 

Para a próxima legislatura, além de Iracilda, Tânia Macedo endossará a representatividade na Casa do Povo. Tânia foi eleita com uma votação de 1.445 votos.

 

Brasil

 

O Brasil é o país sul-americano com mais baixa representatividade feminina nas Câmaras Municipais e o terceiro com a pior representação de mulheres na política entre 26 nações acompanhadas pela Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe).

Comentários