Apresentadores mirins do “Bom Dia e Cia” são impedidos de irem ao ar

Apresentadores mirins do “Bom Dia e Cia” são impedidos de irem ao ar

PUBLICIDADE
15 jul 2015

O Povo Online – Os dois apresentadores mirins do programa infantil “Bom Dia e Cia”, Matheus Ueta e Ana Júlia, foram impedidos pela Justiça de apresentarem o programa diário do SBT. A informação foi dada pela diretoria do Núcleo Infantil da emissora, Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos. Segundo ela, a situação é passageira e logo se resolverá. Com isto, acredita a diretora, as crianças devem estar, em breve, de volta ao comando da atração infantil.

 

Segundo a diretora do Núcleo Infantil do Programa, Silvia Abravanel, ordem judicial fez com que as duas crianças não pudessem apresentar programa. FOTO: REPRODUÇÃO

Segundo a diretora do Núcleo Infantil do Programa, Silvia Abravanel, ordem judicial fez com que as duas crianças não pudessem apresentar programa. FOTO: REPRODUÇÃO

 

A própria Silvana foi quem substituiu as crianças no programa apresentado na manhã desta quarta-feira, 15. O anúncio de que ela estaria à frente do “Bom Dia e Cia” foi dado na terça-feira, pelo Facebook. “Meus amores boa noite … Tenho uma notícia pra dar pra vcs … Amanhã quem estará apresentando o @bomdiaecia sou eu, devido a um impedimento da justiça com nossos pequeninos Mateus e Anna Julia…. Más tenho certeza que logo essa situação se resolverá e eles estarão de volta … Que os anjos estejam comigo e claro VOCÊS também… Até amanhã as 9:00!! Bjsss”, escreveu.

 

Às 9h desta quarta, Silvia começou a apresentar o programa. Na abertura, novamente sem fornecer maiores detalhes, repetiu a justificativa da ausência dos pequenos e desejou boa sorte para ela mesma. Mas apesar do pedido, a apresentadora cometeu um pequeno erro ao se confundir no roteiro. “Vamos à primeira ligação. Alô!!” E logo se corrigiu “Me enganei, gente. A gente vai primeiro assistir os desenhos. ‘Os Padrinhos Mágicos’.” Depois, a apresentadora voltou a explicar sobre o impedimento legal e pediu “Me ajudem, deem audiência”, apelou.

Comentários