Aurora das lacunas nominadas

Aurora das lacunas nominadas

PUBLICIDADE
27 maio 2015
FOTO: CENTRO DE AURORA - FONTE - FACEBOOK -GRUPO SOU AURORENSE.

FOTO: CENTRO DE AURORA – FONTE – FACEBOOK -GRUPO SOU AURORENSE.

A cidade de Aurora no Estado do Ceará sempre teve um senso de identidade social muito forte, na verdade a ideia da identidade social, cultural, histórica, literária, política, musical,religiosa, sempre permeou o imaginário dos aurorenses, o que de certa forma gera um grande paradoxo, pois os nomes dos agentes que construíram a nossa rica e diversificada história, sempre estiveram presentes na linha do inconsciente coletivo, porém sem o devido aproveitamento por parte da edilidade pública. Pois senão vejamos:

 

Ativistas culturais nascidos da expressão viva de nosso povo, que poderiam muito bem dar nome a ruas, avenidas, logradouros, bairros, instituições, prédios públicos, conjuntos habitacionais dormindo no marasmo do esquecimento. Como: O Deputado Zé Gomes criador primeiro, de nossa Feira aos dias de Sábado, fonte de desenvolvimento de nosso comércio Local.

 

O conhecido Enoque Pintor e seu irmão Fuxico, expressões que deram Aurora por muitas décadas, o parque de lazer ao cotidiano dos aurorenses, bem como a popularização de nossa cultura e nossa arte com belíssimos quadro e pinturas que identificaram uma época, pontuando de forma precisa o espaço tempo dos Aurorenses.

 

No Setor religioso:

 

Padre Francisco França – idealizador primeiro, do Açude Cachoeira hoje o único e principal reservatório de água que abastece a cidade de Aurora.

 

A Santa Popular de Aurora – Mártir Francisca, referência de nossa unidade religiosa popular – que sem sombras de dúvidas dá o espaço maior a liga de união dos aurorenses, na constituição de nossa religiosidade popular.

 

Tenente Miguel Fernandes Leite, que foi o primeiro maestro a atuar na primeira Banda de Aurora já, com os acordes e produção musical toda baseada na linguagem musical oficial, onde em partituras oportunizava ao alunado a conhecer a vasto mundo musical das orquestras, sendo inclusive, o criador do primeiro hino de Aurora, que, infelizmente dorme no esquecimento pleno.

 

O Maestro Esmerindo Cabrinha da Silva que criou uma Escola de Música por muitos anos, que justiça seja feita, hoje os seus alunos permeiam nos mais diversos campos da Música com brilhantismo, nos mais distintos cantos do meu querido Brasil.

 

Claro que A Cidade de Aurora hoje, cresce a passos largos, pois lugares que até bem pouco tempo atrás era mata virgem, hoje são bairros bem elaborados, iluminados, com saneamento básico e toda uma estrutura que envaidece a terra do Menino Deus.

 

Assim, creio que chegou a hora de se fazer uma memória histórica viva para nominar com esmero este pavilhão de crescimento afirmativo por que paira a cidade de Aurora no Estado do Ceará.

 

Luiz Domingos de Luna

Comentários