Ceará tem 14 casos de meningite confirmados e cinco pessoas morreram, diz secretaria

Ceará tem 14 casos de meningite confirmados e cinco pessoas morreram, diz secretaria

PUBLICIDADE
7 jun 2017

Duas das mortes ocorreram no município de Parambu, onde foram registrados cinco casos da doença.

O Ceará já tem 14 casos de meningite confirmados em 2017, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Cinco pessoas morreram em decorrência da doença, duas delas no município de Parambu, distante 405 quilômetros de Fortaleza, onde foram registrados cinco casos. Um dos pacientes está internado, em estado estável, no Hospital São José, na capital cearense, que tratou outros quatro pacientes que vieram de Parambu com meningite.

 

Nesta terça-feira (6), o Governo do Ceará iniciou uma campanha de vacinação contra meningite no município em Parambu. Conforme a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), foram disponibilizadas, inicialmente, quatro mil doses para vacinação da população masculina de 20 a 49 anos, perfil de adoecimento no município. O Ceará também conseguiu a disponibilização de 23 mil doses de vacina para garantir o atendimento aos outros grupos.

 

A vacinação da meningite tipo C é oferecida no Sistema Único de Saúde (SUS) para crianças de até cinco anos de idade e para o público de 12 e 13 anos. Há recomendação de vacinação quando se configura surto comunitário.
Uma equipe da epidemiologia da Sesa esteve no município de Parambu para investigar mais informações sobre os casos confirmados. Foi feito uso de antibiótico para os contatos íntimos dos pacientes com meningite.

 

Meningite

 

A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. É uma doença contagiosa que pode ser causada por vírus, bactérias e fungos, entre outros agentes infecciosos.

 

São dois os principais tipos de meningite, a viral e a bacteriana. A meningite bacteriana é mais grave e, dependendo dos casos, pode levar o paciente à morte em algumas horas após o aparecimento dos sintomas. Entre as meningites bacterianas, a meningocócica costuma ser a responsável pelos quadros mais graves e fatais da doença.

 

Já as meningites virais costumam ser caracterizadas por um quadro clínico benigno, isto é, que não tem caráter perigoso. Não há tratamento específico. A grande maioria dos pacientes se cura em casa, sem sequelas. Os sintomas assemelham-se aos de viroses em geral.

 

Sintomas

 

Os principais sinais e sintomas são: febre alta que começa abruptamente, dor de cabeça intensa e contínua, vômito, náuseas, rigidez de nuca e manchas vermelhas na pele ou hematomas. Em crianças menores de um ano de idade, esses sintomas podem não ser tão evidentes e os pais ou responsáveis devem atentar para a presença de moleira tensa ou elevada, irritabilidade, inquietação com choro agudo e persistente e rigidez corporal com ou sem convulsões.

 

Fonte: G1 Ceará

Comentários