Ceará vence o Santa Cruz no Arruda, em Recife, por 3 a 2 e assume liderança

PUBLICIDADE
27 jul 2014
Sandro comemora o gol marcado contra o Santa Cruz, o terceiro do Ceará no jogo. (Foto: Folhapress)

Sandro comemora o gol marcado contra o Santa Cruz, o terceiro do Ceará no jogo. (Foto: Folhapress)

Em um jogo com duas viradas no placar, o Ceará venceu o Santa Cruz por 3 a 2, ontem, no estádio do Arruda, no Recife. O triunfo, construído ainda no primeiro tempo, não só manteve o Vovô na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, como fez com que o clube abrisse ainda mais vantagem na tabela.

 

Os gols marcados por Bill, Magno Alves e Sandro fizeram com que o Alvinegro fechasse a 13ª rodada com 27 pontos – quatro a mais que o segundo colocado. Do outro lado, mesmo com os tentos de Wescley e Léo Gamalho, os pernambucanos caíram para 13º, com 16 pontos.

 

O jogo

O Ceará começou a partida com uma postura ofensiva. Mantendo a posse da bola e trocando passes rápidos. O Alvinegro fez valer o maior volume de jogo logo aos 11 minutos. Bill recebeu cruzamento de Nikão e cabeceou com perigo contra a meta de Thiago Cardoso. O atacante voltou a levar perigo pouco depois, após passe de Eduardo, mas voltou a fracassar.

 

De tanto insistir, o camisa 9 abriu o placar aos 22. Marcos fez boa jogada pela direita e serviu a Nikão, que mandou para Bill empurrar para o fundo do gol.

 

A resposta coral foi quase que instantânea. O Santa Cruz empatou aos 27 e, sem dar tempo para a Vovô se recompor, Léo Gamalho virou aos 30: 2 a 1.

 

Em desvantagem no placar, o Ceará não se abateu pelo breve “apagão”. Aos 39, Vicente cruzou da esquerda e Magno Alves, superou os defensores para empatar. No lance, o Magnata sofreu um pisão na mão e acabou substituído por Lulinha.

 

Aos 46, após cobrança de escanteio, Sandro cabeceou para dar números finais ao jogo: 3 a 2.

 

O 2º tempo seguiu movimentado, mas ninguém marcou.

 

Diário do Nordeste

Comentários