Cerca de 500 mil pessoas são esperadas na romaria de finados em Juazeiro do Norte

Cerca de 500 mil pessoas são esperadas na romaria de finados em Juazeiro do Norte

PUBLICIDADE
29 out 2014

A Romaria de Finados, a maior do ano, será iniciada nesta quarta-feira, neste Município. Os fiéis começam a chegar à cidade para reverenciar o Padre Cícero, mas a maior preocupação é que muitas pessoas deixem de vir este ano, por conta da fiscalização mais efetiva da Polícia Rodoviária Federal (PRF), para coibir o transporte, principalmente em caminhões paus-de-arara. A PRF inicia a 2ª Etapa da “Operação Romaria Segura”, neste dia 30. Grande parte dos romeiros que se dirigiram a Juazeiro em setembro, durante a festa de Nossa Senhora das Dores, chegou a ser multada e deixará de vir na última romaria do ano. Segundo a Secretaria de Cultura e Romaria são esperadas cerca de 500 mil pessoas. Comerciantes já preveem queda nas vendas com a desistência de condutores.

 

A Romaria de Finados, no Sul do Ceará, é uma das maiores do País. (Foto: Elizângela Santos)

A Romaria de Finados, no Sul do Ceará, é uma das maiores do País. (Foto: Elizângela Santos)

 

A Romaria de Finados, também conhecida como da Esperança, é a última do ano e a penúltima a encerrar o ciclo das grandes romarias, iniciado em setembro e que termina no mês fevereiro, na romaria de Nossa Senhora das Candeias. Com uma característica diferenciada, esta romaria atrai grande parte dos romeiros do Estado de Pernambuco, além de Alagoas e outros Estados nordestinos. As reservas para ranchos e hotéis começam ainda no ano anterior, mas muitas pessoas deixam para última hora. É que os pacotes com grupos são fechados durante todo o ano, até a romaria.

 

A secretária de Cultura e Ramaria, Marli Bezerra, afirma que há essa preocupação no que diz respeito ao processo de fiscalização, por conta de muitos romeiros que poderão deixar de vir a Juazeiro do Norte. Ela disse da tentativa de minimizar a situação, mas até o momento sem resultados, para possibilitar a entrada dos romeiros na cidade.

 

ESTRUTURA

 

Segundo a secretária, todo o processo de organização será mantido para o atendimento aos romeiros, com postos de saúde em locais estratégicos, de maior movimentação, a exemplo da área da Basílica de Nossa Senhora das Dores, Socorro, Horto e os Franciscanos, para onde se deslocam grande parte dos fiéis nesta romaria. Além disso, serão instalados nas áreas mais visitadas 120 banheiros químicos. A segurança será mantida por efetivo da Polícia Militar, com reforço para cidade, além da Guarda Municipal e Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

 

O túmulo do Padre Cícero, na Capela do Socorro, passa a ser o principal local destinado às visitações. É onde estão sepultados os restos mortais do Padre Cícero. Os romeiros se emocionam e até choram a falta do Padrinho em vida. Rezam pelas graças alcançadas e deixam flores e até objetos em devoção ao sacerdote. No encerramento da Romaria de Finados, no dia 2 de novembro, será celebrada missa campal às 6 horas, de frente à Capela do Socorro, em sufrágio da alma do Padre Cícero. Antes, há uma caminhada da Basílica até o local, às 5h30, após missa.

 

O Santuário dos Franciscanos passou a ser, ao longo dos anos, um dos grandes atrativos dos romeiros, durante essa romaria, com um estímulo maior dado por Frei Damião. O local tem atrativos, como o “passeio das almas”, que são as passarelas acima dos arcos que envolvem o santuário, além de missas todos os dias, confissões, e o aconchego da sombra dos pátios internos. Além disso, a gruta de Nossa Senhora onde as pessoas têm acesso a uma fonte água para saciar a sede e levarem para casa, costume de muitos fiéis.

 

A ação de fiscalização dos veículos será de amanhã (30) até o enceramento da romaria, no dia 2 de novembro. Assim como aconteceu em Canindé, o objetivo do trabalho será também de orientar os religiosos que se deslocarão para o evento. A recomendação é que os romeiros utilizem ônibus devidamente regularizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para os deslocamentos.

 

A segunda etapa da Operação Romaria Segura seguirá os mesmos padrões da realizada em Canindé, seguindo uma recomendação conjunta do Ministério Público Federal e Estadual do Ceará. A PRF, em parceria com a ANTT, implementou ações de fiscalização com o intuito de coibir o transporte irregular de passageiros, operação necessária devido ao crescente número de romeiros que se desloca de diversos Estados em veículos destinados ao transporte de cargas, sem as mínimas condições de segurança, higiene e saúde.

 

Diário do Nordeste

Comentários