Clima esquenta na Câmara Municipal de Aurora, em sessão ordinária nesta quinta

PUBLICIDADE
3 out 2014
Motivados pela proximidade do pleito eleitoral, os nervos estiveram a flor da pele, como a muito tempo não via. (Foto: Renato Brito)

Motivados pela proximidade do pleito eleitoral, os nervos estiveram a flor da pele, como a muito tempo não via. (Foto: Renato Brito)

O Poder legislativo aurorense voltou a se reunir na tarde/noite desta quinta-feira (02) em sessão ordinária. A referida sessão aconteceria no próximo sábado (04), porém o presidente da Casa, o vereador Chico Henrique observando a proximidade do pleito eleitoral que ocorre no dia seguinte antecipou a reunião, que contou com a presença de 10, dos 11 edis,exceção apenas de Paulo José.

 

E fazendo jus ao momento, motivados pela proximidade do pleito eleitoral, os nervos estiveram a flor da pele, como a muito tempo não via. O assunto que dominou a pauta, provocando forte embate entre vereadores da situação e oposição se consolidou pela forma parcial foi conduzido o ato de assinatura da ordem de serviço da obra de pavimentação asfáltica da CE-288, que contou apenas com vereadores e lideranças da oposição, excluindo o prefeito Adailton Macedo, o presidente da Câmara Chico Henrique e os demais vereadores da situação.

 

O primeiro a se referir ao ato de assinatura da obra foi Osasco Gonçalves. Segundo o vereador o que realmente aconteceu nesta quinta-feira foi a inauguração de uma placa em plena véspera de uma eleição, ao mesmo tempo que reconheceu a importância da obra para o município.

 

Em seguida Gerismar defendeu o ato de assinatura da ordem de serviço da obra dizendo que Osasco estava desmerecendo a conquista.

 

O vereador também de oposição Aécio contestou as palavras de Osasco, enaltecendo a importância da obra e evitando falar da presença apenas da oposição no ato.

 

O vereador Edísio foi mais leve no uso da palavra e classificou a obra como muito importante para o município e destacou outras matérias do executivo aprovadas na mesma sessão.

 

Em seu discurso, o vereador Aderlânio defendeu a importância da obra de pavimentação da rodovia em questão e afirmou que a mensagem repassada por Osasco foi mal interpretada por Gerismar e que o vereador em momento algum desmereceu a obra, e que o intuito não era este.

 

O vereador Brasa, em suas palavras defendeu a união entre os edis e disse que confusões não ajudam em nada.

 

Já a vereadora Iracilda não poupou críticas à oposição. Após destacar tamanha importância da obra de pavimentação da rodovia, a vereadora alegou tremenda falta de respeito para com o prefeito Adailton Macedo, para com o Presidente da Câmara, o vereador Chico Henrique e para com os edis da situação, que se quer foram convidados para comparecerem ao ato de assinatura da ordem de serviço da obra de pavimentação da rodovia. Dirigindo-se aos vereadores de oposição Iracilda perguntou se em Aurora não existe prefeito, presidente da Câmara e se a Casa é formada apenas por cinco vereadores. Segundo ela, apesar de importante, o momento foi oportuno para se fazer política, lembrando que o ato de assinatura da ordem de serviço se deu exatamente no dia 02 de outubro, na véspera da eleição.

 

O vereador Olavo Batista apenas reiterou as palavras de Iracilda.

 

Para finalizar, o presidente da Casa, Chico Henrique ao fazer uso da palavra esclareceu que as desapropriações deverão ocasionar demora no início das obras e que uma longa batlha será travada até a conclusão destas desapropriações. Chico detalhou o projeto e traçou minuciosamente os trâmites para execução da obra.

 

PROJETOS APROVADOS
Os vereadores votaram em caráter de urgência quatro projetos de autoria do executivo, dispensando pareceres das comissões.

 

PROJETO DE LEI Nº 035/2014
Cria cargos de provimento efetivo no quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal e adota outras providências. A saber: 05 cargos de provimento efetivo de Agente de Trânsito, 01 cargo de provimento efetivo de Bioquímico e 12 cargos de provimento efetivo de Agente Comunitário de Saúde.

 

PROJETO DE LEI Nº 036/2014
Refere-se a alteração do art. 3º, da lei Municipal nº 61/2013.

 

PROJETO DE LEI Nº 037/2014
Cria cargos de provimento efetivo no setor de pessoal, como enfermeiro e cirurgião dentista, visto a necessidade existente no município.

 

PROJETO DE LEI Nº 038/2014
Autoriza realização de convênio entre a prefeitura municipal de Aurora e o Hospital São Vicente de Paula de Barbalha.

 

O presidente da Casa Chico Henrique durante a sessão encaminhou às comissões competentes o processo de prestação de contas do ex-prefeito Carlos Macedo, do exercício do ano 2008 para que sejam emitido pareceres e em seguida colocadas em plenário para votação.

Da Redação

Comentários