Com quase 27 anos de início de suas atividades, terminal rodoviário de Barro encontra-se em abandono

PUBLICIDADE
8 fev 2018

Em Barro, no estado do Ceará às atividades no terminal rodoviário Raimundo Inácio de Souza foram iniciadas no final do mês de fevereiro de 1991. Nos primeiros anos de funcionamento, a rodoviária, além de comportar grande fluxo de embarque e desembarque de passageiros, também era visto pela população do município como um local para comercialização de produtos artesanais, produzidos na própria cidade. Assim, passou a funcionar até como cartão postal da cidade. Eventos sociais, como batizados, festas de casamentos e comemorações familiares, eram freqüentemente realizados no estabelecimento.

 

Com o fechamento do terminal, muitos pais de família que utilizavam os boxes para venda de seus produtos, infelizmente ficaram desempregados. (FOTO: PLANTÃO BARRO)

 

O terminal rodoviário já chegou a ser utilizado por cerca de 12 empresas de ônibus interestaduais e intermunicipais, com mais ou menos 25 ônibus diários realizando paradas para embarque e desembarque de passageiros no local.

 

Com o fechamento do terminal, muitos pais de família que utilizavam os boxes para venda de seus produtos, infelizmente ficaram desempregados.

 

Nos últimos 20 anos, apenas o ex-prefeito Neneca Tavares, na gestão que se encerrou em dezembro de 2016, teve a iniciativa de fazer algo pelo prédio público, mas o mesmo não encontrou apoio político na esfera Estadual e nem Federal para a revitalização da rodoviária.

 

Segundo informações nós últimos anos vem sendo sugerido que usem o prédio como sede da Prefeitura Municipal e das Secretarias, o que seria uma economia a mais para o município, pelo fato de a gestão não precisar gastar com aluguéis para acomodar os seus departamentos, mas a sugestão é considerada por muitos populares como polêmica.

 

Com quase 27 anos após o início das atividades no estabelecimento, hoje infelizmente o que se enxerga no local é o abandono e a falta de ideias e iniciativa do poder público para que o local volte a dar orgulho aos barrenses.

 

Fonte: Plantão Barro

Comentários