Dia 8 de julho é proibido sorrir na Coreia do Norte

PUBLICIDADE
8 jul 2014

coreia do norteO líder norte-coreano Kim II-sung, que iniciou o mandato em 1948, completa o seu 20º aniversário de morte hoje, dia 8 de julho. Sua passagem pelo país deve ser lembrada com luto, isso significa que, nesta data, ninguém pode sorrir, beber e dançar. Ele foi o fundados do país e considerado um ‘pai’ para os cidadãos.

 

Desde 1994, quando os norte-coreanos perderam Kim II-sung “está proibido sorrir, levantar a voz na rua, beber álcool ou dançar porque todo o país está de luto”, contam populares.

 

A mídia local mantém uma programação dedicada a transmitir a solene cerimônia oficial em homenagem ao ‘presidente eterno’. Além disso, as televisões passam filmes sobre sua vida e obra.

 

A personalidade de Kim II-sung é glorificada também na data de seu nascimento, dia 15 de abril, quando o regime tenta minimizar os frequentes cortes de luz no país para que todas pessoas possam ver a maratona televisiva de eventos e filmes sobre o presidente.

 

No país mais de 34 mil estátuas do falecido estão espalhadas como provas vivas do amor dos norte-coreanos ao ditador. Tanto nos dias 8 de julho, como em 15 de abril, os cidadãos depositam flores aos pés das estátuas, enquanto seu corpo é exposto embalsamado dentro do Palácio de Kumsusan, em Pyongyang, capital da Coreia do Norte.

Fonte: O Povo

Comentários