Discussões em torno da ‘insegurança’ dominam última sessão ordinária antes do recesso da Câmara

Discussões em torno da ‘insegurança’ dominam última sessão ordinária antes do recesso da Câmara

PUBLICIDADE
20 jun 2016

A Câmara Municipal de Aurora realizou no último sábado (18) a última sessão ordinária antes do recesso parlamentar, com nove, dos onze vereadores presentes. Olavo Batista e Erivan Batista estiveram ausentes.

 

O assunto segurança pública dominou os trabalhos e foi alvo de diversos questionamentos por parte dos parlamentares. FOTO: RENATO BRITO

O assunto segurança pública dominou os trabalhos e foi alvo de diversos questionamentos por parte dos parlamentares. FOTO: RENATO BRITO

 

O assunto segurança pública dominou os trabalhos e foi alvo de diversos questionamentos por parte dos parlamentares.

 

O vereador Aderlânio Macedo atribuiu a intranquilidade no município de Aurora a promessas de campanha não cumpridas pelo Governador.

 

Na mesma linha de raciocínio, Osasco Gonçalves também criticou o governo do estado que até então não cumpriu as promessas na área da segurança pública.

 

Durante à sessão foi lido o parecer prévio favorável do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM quanto a prestação de Contas de Governo do exercício financeiro 2012, de responsabilidade do prefeito Adailton Macedo. Em seguida, a matéria foi encaminhada às Comissões Competes para análise.

 

A presença do Grupo Coletivo Jovem Luz do Cariri que havia acabado de realizar uma manifestação pelas ruas com o uso de cartazes expondo a insatisfação pela insegurança endossou a discussão. FOTO: RENATO BRITO

A presença do Grupo Coletivo Jovem Luz do Cariri que havia acabado de realizar uma manifestação pelas ruas com o uso de cartazes expondo a insatisfação pela insegurança endossou a discussão. FOTO: RENATO BRITO

 

A presença do Grupo Coletivo Jovem Luz do Cariri que havia acabado de realizar uma manifestação pelas ruas com o uso de cartazes expondo a insatisfação pela insegurança endossou a discussão. Na ocasião os representantes da agremiação Daniel Gustavo e Aleudo Coelho fizeram uso da palavra pedindo apoio da Câmara na busca por dias melhores no tocante à melhoria na segurança pública.

 

A manifestação pelas ruas com o uso de cartazes expondo a insatisfação pela insegurança endossou a discussão. FOTO: RENATO BRITO

A manifestação pelas ruas com o uso de cartazes expondo a insatisfação pela insegurança endossou a discussão. FOTO: RENATO BRITO

 

O presidente da Casa, o vereador Chico Henrique defendeu a realização de uma manifestação mais ampla e uma audiência pública para discussão do assunto.

 

Comentários