Dupla presa no Barro confessa ter baleado motorista e roubado o carro da Coelce em Missão Velha

Dupla presa no Barro confessa ter baleado motorista e roubado o carro da Coelce em Missão Velha

PUBLICIDADE
13 set 2014

Os dois jovens presos na manhã desta quinta-feira na BR-116 no município de Barro confessaram envolvimento nos crimes de lesão corporal e assalto contra o motorista da Coelce Antônio Gonçalves de Souza, de 43 anos, residente no bairro Juvêncio Santana em Juazeiro do Norte. Por volta das 22 horas da última segunda-feira, a vítima dirigia um veículo Hillux cabine dupla de cor branca pertencente à empresa a qual foi interceptada na estrada do Sítio Cachoeira em Missão Velha.

 

Romário e Vanderson foram presos em Barro. (Foto: Agência Miséria)

Romário e Vanderson foram presos em Barro. (Foto: Agência Miséria)

 

Além de tomarem o carro, balearam o motorista de raspão no tórax. Quatro horas depois, a Hilux foi abandonada perto do Posto de Gasolina Cipó situado às margens da BR-116 no município de Cachoeira dos Índios (PB). Eles viram a aproximação de uma viatura da FTA de Brejo Santo e pararam a camionete fugindo a pé por dentro do mato. A dupla confessou ainda ter tomado um taxi de assalto na semana passada em Brejo Santo e já foi presa anteontem dentro de outro taxi que, provavelmente, iria roubar.

 

Na manhã de quinta-feira, Rudivan Almeida dos Santos, o Lagartão, apanhou os dois em seu taxi Fiat Doblô de Cajazeiras (PB) em Cachoeira dos Índios. Para sorte do taxista, a polícia interceptou o carro no Posto Fiscal de Monte Alegre em Barro encontrando com Romário Alves de Araujo, de 27, e Vanderson Jose da Silva, de 19 anos, um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos, papelotes de cocaína, uma enorme pedra de crack e alguns objetos supostamente roubados do carro da Coelce. Romário mora em Petrolina e seu comparsa em Salgueiro, ambos no Pernambuco, sendo que o primeiro é ex-presidiário naquele estado.

 

Agência Miséria

Comentários