Entenda porque a agência do Banco do Brasil de Aurora parou totalmente de funcionar

PUBLICIDADE
12 ago 2014
Além de Aurora, o mesmo problema atingiu algumas outras agências como de Tauá, Ipú e até da capital Fortaleza. (Foto: Arquivo / AquiConectados)

Além de Aurora, o mesmo problema atingiu algumas outras agências como de Tauá, Ipú e até da capital Fortaleza. (Foto: Arquivo / AquiConectados)

A agência do Banco do Brasil de Aurora, que diariamente atende a uma grande demanda de clientes encontra-se com seu atendimento totalmente comprometido em virtude de problemas técnicos.

 

A reportagem do Portal AquiConectados conversou por telefone, com o gerente Emerson. Segundo ele, o que ocasionou a total paralização dos serviços foi o rompimento de cabos de fibra ótica, indispensáveis para o funcionamento dos sistemas. De acordo com o gerente, uma equipe da operadora Oi, responsável pelo serviço; trabalha para restabelecer a normalidade.

 

Além de Aurora, o mesmo problema atingiu algumas outras agências como de Tauá, Ipú e até da capital Fortaleza, onde o expediente desta segunda-feira (11), em agências do banco também foi comprometido.

 

Segundo Emerson, não há ainda informações precisas do local onde houve o rompimento dos cabos de fibra ótica. Geralmente esse problema ocorre em áreas onde esteja havendo a recuperação de asfalto, onde comumente máquinas, como retro escavadeiras acabam rompendo estes cabos ao perfurarem o solo, já que estes circulam de forma subterrânea, principalmente as margens das rodovias, disse o gerente.

 

A expectativa é que nesta quarta-feira o problema já tenha sido sanado e que todos os serviços sejam restabelecidos na agência de Aurora.

 

O não funcionamento da agência tem gerado prejuízos a assegurados do INSS, servidores públicos, empresários, dentre outros.

 

Alternativa

 

A única alternativa a ser tomada por usuários do Banco do Brasil tem sido a agência dos Correios, parceira do banco. Nos Correios é possível realizar praticamente todas as transações oferecidas pelo Banco do Brasil, porém com limites de valores.

 

Da Redação

Comentários