Eunício lidera com 43%, enquanto Camilo tem 38% das intenções de votos, segundo pesquisa Ibope

Eunício lidera com 43%, enquanto Camilo tem 38% das intenções de votos, segundo pesquisa Ibope

PUBLICIDADE
25 set 2014
wpeuniciofoto_1920x1080

Eunício Oliveira (PMDB) tem 43% contra 38% de Camilo Santana (PT). Eliane Novais (PSB) tem 3% e Ailton Lopes (PSOL) 1%.

Diz o relatório do Ibope, na terceira pesquisa de intenção de voto para o Governo do Ceará, contratada pela Televisão Verdes Mares, que “a vantagem de Eunício sobre Camilo diminui e considerando a margem de erro da pesquisa, que é de 3 pontos percentuais, neste momento ambos estão tecnicamente empatados”. Eunício Oliveira (PMDB) tem 43% contra 38% de Camilo Santana (PT). Eliane Novais (PSB) tem 3% e Ailton Lopes (PSOL) 1%.

 

Em relação à pesquisa anterior, publicada no dia 4 de setembro último, o candidato Eunício subiu um ponto e Camilo ganhou 4. O Ibope entrevistou 1204 eleitores entre os dias 21 e 23 deste mês, em 61 municípios cearense, segundo registro feito no Tribunal Regional Eleitoral sob o nº CE-00024/2014, e no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº BR-00764/2014. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Os eleitores cearenses também se manifestaram sobre a disputa pela vaga de senador e sobre suas preferências na disputa presidencial. Para o Senado, Tasso Jereissati (PSDB) subiu de 55% para 57%, enquanto Mauro Filho (PROS) subiu de 21% para 24%. Já em relação à sucessão presidencial, Dilma Rousseff (PT) subiu de 56% para 61%, enquanto sua principal concorrente neste Estado, Marina Silva (PSB) perdeu 6%, saindo de 25% para 19% (confira as tabelas na página 14).

 

No relatório de apresentação da pesquisa, está dito que “neste momento, a proporção de intenções de voto em Eunício é um ponto percentual superior à soma das menções dos demais candidatos (42%), portanto, não é possível afirmar a realização ou não de segundo turno se a eleição fosse hoje”.

 

Nesta terceira pesquisa sobre a sucessão estadual o peemedebista Eunício oscila 1 ponto percentual para mais e tem hoje 43% das menções, enquanto o petista Camilo cresce de 34% para 38%. Os candidatos Eliane Novais e Ailton Lopes têm, respectivamente, 3% e 1% das intenções de voto. Aqueles que têm intenções de votar em branco ou nulo representam 7% do eleitorado cearense e os indecisos passam de 10% para 8%.

 

Espontânea

 

Camilo tem seu maior percentual de intenções de voto, diz o relato do Ibope, “entre os eleitores que cursaram da 5ª a 8ª série (43% – crescimento de 8 pontos percentuais em comparação com a segunda pesquisa). Além disso, também se destaca entre os eleitores com renda familiar entre 1 e 2 salários mínimos: vai de 34% para 39% das menções”.

 

Já entre os eleitores potenciais de Eunício, “destaca-se o aumento das intenções de voto entre os que possuem de 45 a 54 anos (de 42% para 48% das menções) e entre os que têm 55 anos ou mais: de 31% para 36%”.

 

Na simulação de um eventual segundo turno entre Eunício e Camilo, “o peemedebista venceria hoje com 46% das intenções de voto (oscila 1 ponto percentual para menos em relação ao levantamento anterior), enquanto o petista tem 40% das menções (na rodada do começo deste mês tinha 37%). Aqueles que têm a intenção de votar em branco ou anular o voto somam 6% e os que não sabem dizer em quem votariam neste cenário representam 8% do eleitorado cearense”, diz o Ibope.

 

O índice de rejeição de Camilo continua superior ao de Eunício: 23% não votariam de jeito nenhum no candidato petista (3 pontos percentuais que na pesquisa anterior), contra 19% que não votariam no peemedebista (na pesquisa anterior eram 15%). Nesta pergunta, os entrevistados deveriam responder em quais candidatos não votariam de jeito nenhum, podendo citar mais de um nome.

 

Independentemente de suas intenções de voto, foi perguntado aos eleitores quem eles acreditam que será o próximo governador do Ceará. Quase metade dos entrevistados (45%) crê na vitória de Eunício (mesmo percentual da pesquisa do começo do mês) e os que apostam em Camilo correspondem a 35%, crescimento de 8 pontos percentuais.

 

Diário do Nordeste

Comentários