Ex-prefeito Adailton Macedo nega rompimento com Dr. Júnior Macedo

PUBLICIDADE
13 fev 2017

O ex-prefeito de Aurora, Adailton Macedo foi à imprensa nesta segunda-feira (13) falar acerca da polêmica criada por diversos veículos de comunicação, após ter pedido exoneração do cargo de secretário municipal de administração do governo Júnior Macedo que ocupava até a semana passada. A entrevista foi concedida ao “Jornal da Sol Nascente”, aos radialistas Pedro Guedes e Renato Brito.

 

A entrevista foi concedida ao “Jornal da Sol Nascente”, aos radialistas Pedro Guedes e Renato Brito. (FOTO: RENATO BRITO/AQUICONECTADOS)

 

Adailton negou que tenha brigado com o prefeito Dr. Júnior Macedo (PR), que por sinal recebeu seu apoio no pleito vitorioso de 02 de outubro.

 

Segundo o ex-prefeito, sua saída da secretaria de administração se deu para que ele possa se voltar de maneira mais próxima aos seus negócios empresariais, além de prestar serviços a prefeituras da região, já que recebeu alguns convites para atuar como assessor, por exemplo.

 

Perguntado se existiria chance dele assumir o cargo de secretário em algum município da região, o ex-gestor foi enfático ao radialista Renato Brito. “A chance é zero, no máximo poderei assumir a função de assessor no máximo”.

 

O ex-gestor também desmentiu que tenha se desligado do serviço público para articular sua candidatura à deputado estadual em 2018. Segundo Adailton, não está nos seus planos disputar o pleito de 2018.

 

Houve rompimento?

 

Sobre o assunto em destaque; Adailton afirmou que jamais existiu qualquer tipo de rompimento com o prefeito Dr. Júnior Macedo, seja ele político ou pessoal, é tanto que nesta terça-feira (14) ambos estarão viajando à Brasília em busca de recursos para o município.

 

Influência de Adailton

 

Apesar de ter tido seu mandato encerrado no dia 31 de dezembro de 2016, Adailton continua influente. O ex-gestor articulou junto ao presidente do Senado, Eunício Oliveira, uma agenda para não só o prefeito de Aurora, Dr. Júnior Macedo, mas outros prefeitos da região possam estarem frente à frente ao presidente do Congresso. Eunício deverá estar recebendo os gestores na próxima quarta-feira (15) em seu gabinete.

Comentários