Faltam viaturas em três cidades do Cariri e PMs fazem diligências a pé

PUBLICIDADE
1 jul 2014

 

Foto: Agência Miséria

Foto: Agência Miséria

Os municípios de Santana do Cariri, Nova Olinda e Altaneira, situados no Sul do Ceará, estão sem viaturas para que os policiais possam desempenhar suas atividades. Em Nova Olinda até os carros do Pró Cidadania, que eram usados em algumas operações, foram recolhidos pelo Governo do Estado. Ocasionalmente, os PMs dessas três cidades fazem diligências a pé ou em seus veículos particulares quando tem gasolina suficiente.

Não precisa dizer que as dificuldades são grandes para atender as ocorrências policiais em virtude do território desses três municípios. Santana do Cariri, por exemplo, ocupa uma área de 768 km2 com cerca de 18 mil habitantes, enquanto Nova Olinda ostenta área de 284 km2 com 15 mil habitantes. Já Altaneira detém área de 73 km2 e uma população de 7 mil habitantes.

Ao todo, são quase 1.200 km2 de área e uma assustada população em torno de 40 mil habitantes com poucos policiais militares e nenhuma viatura para o exercício de suas atividades. Como se não bastasse, o município de Mauriti que, sozinho, possui toda essa área territorial e uma população de 45 mil habitantes tem apenas uma viatura e esta encontra-se completamente danificada. Em Juazeiro do Norte, muitas viaturas estão paradas no pátio do 2º BPM por falta de manutenção.

Esse é o retrato da segurança pública no sertão do Ceará com a população desprotegida e assustada. Empresários e comerciantes destas cidades mantiveram contato com a redação do Site Miséria para chamar a atenção do Governador Cid Gomes na esperança de providências por se tratar de um ano eleitoral. Alguns PMs estão até se utilizando de veículos de algumas vítimas para promover diligências quando suas reservas financeiras não dão para custear o combustível.

Fonte: Agência Miséria

Comentários