Fidelidade de Lula segura à fina força aliança entre PMDB e PT

PUBLICIDADE
3 jul 2014

Sabendo da  fragilidade da relação entre PT e PMDB e da importância de se manter fiel à palavra dada ao senador Eunício Oliveira (PMDB), o ex-presidente Lula recusa-se até mesmo a falar sobre o candidato da chapa do governador Cid Gomes (Pros) ao governo do Ceará, Camilo Santana (PT). Comprometido com o peemedebista a não participar de nenhum palanque no cenário político cearense, Lula teria telefonado para o deputado José Guimarães lamentando sua desistência ao Senado.

Na conversa, Guimarães teria dito que havia retirado sua candidatura devido a contingências políticas e tentado conversar sobre o apoio à campanha de Camilo Santana, porém Lula esquivou-se do assunto. Ontem (01), Camilo ainda viajou a São Paulo para tentar uma audiência com Lula, mas não obteve sucesso. Para garantir o apoio do PMDB à reeleição de Dilma, Lula comprometeu-se a gravar um vídeo em apoio a Eunício e a não participar de nenhum palanque no Ceará.

Crise com PMDB 

A aliança entre PT e PMDB, articulada ainda no Governo Lula, anda muito mal das pernas e dá sinais de que o fim pode estar próximo. Dentre os 26 estados brasileiros, apenas em 5 os partidos seguem alinhados e, no meio desse “pé de guerra”, está o candidato ao governo do Ceará Eunício Oliveira. O peemedebista já declarou votar na presidenta Dilma Rousseff (PT) e tenta pôr panos quentes sobre os conflitos internos do partido contra a aliança com o PT.

Mesmo com o palanque aberto aos quatro presidenciáveis, Eunício abstém-se de endossar o caldo de oposição ao PT, pois, até agora, o ex-presidente Lula está cumprindo com o que foi acordado. A fidelidade do petista é, provavelmente, uma das frágeis linhas que ainda prendem os dois partidos. Até mesmo na convenção nacional destinada a renovar a estadia na base aliada de Dilma, o PMDB mostrou-se áspero aos petistas presentes. Um dos motivos do desentendimento é a falta de apoio do PT aos candidatos peemedebistas aos governos de Paraíba, Rio de Janeiro e Goiás.

Fonte: Ceará News 7

Comentários