Fora de casa, Ceará perde para o CRB na sua estreia pela Série B

PUBLICIDADE
13 maio 2017

O Ceará estreou com derrota na Série B 2017. Nesta sexta-feira, 12, atuando fora de casa, o Vovô sofreu o gol no primeiro tempo e, mesmo jogando melhor na segunda etapa, não conseguiu o empate diante do CRB. O único gol da partida foi marcado por Neto Baiano.

 

O único gol da partida foi marcado por Neto Baiano. Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

 

CRB e Ceará fizeram um primeiro tempo movimentado e com as melhores oportunidades para o time da casa. Melhor em campo, a equipe mandante chegou ao ataque principalmente em bolas levantadas nas área, mas o alvinegro evitou a maioria das investidas. Algumas falhas defensivas, porém, permitiram a equipe mandante chegar com perigo e criar boas oportunidades com Mailson e Neto Baiano.

 

Por outro lado, as melhores chances da equipe de Givanildo Oliveira ocorreram em finalizações de fora da área: Romário, Felipe Menezes e Alex Amado conseguiram finalizações que assustaram o goleiro Juliano. Quando a primeira etapa caminhava para o empate sem gols, o CRB balançou as redes: aos 46 minutos, Neto Baiano recebeu o cruzamento e, de cabeça, abriu o placar no Rei Pelé.

 

Mesmo à frente do placar, o CRB iniciou o segundo tempo ainda mais ofensivo e quase ampliou o marcador em finalização de Rafinha, defendida por Everson. Precisando do empate, o Ceará passou a mostrar uma postura mais ofensiva na partida a partir dos 10 minutos e também ofereceu perigo, principalmente em contra-ataques do trio Wallace Pernambucano, Roberto e Alex Amado. Em cobrança de falta, Wallace mandou a bola no travessão.

 

Pressionando o adversário, jogando com velocidade e pelas laterais, o Vovô teve boas chances. A melhor delas aconteceu aos 38 minutos, quando Richardson chutou, o goleiro espalmou e Maxi e Romário não conseguiram marcar. E o CRB acabou levando os três prontos.

 

O Ceará volta a campo na próxima terça-feira, 16, para enfrentar o Boa Esporte, às 21h30min, em partida que deve acontecer no estádio Presidente Vargas.

 

O Povo Esportes

Comentários