Google passa a informar limitações dos sites no buscador

PUBLICIDADE
15 jul 2014

Com a internet cheia de padrões e diferentes técnicas de desenvolvimento de sites, a navegação às vezes se torna penosa e chata, porque é preciso adivinhar se o endereço visitado tem suporte de seu dispositivo.

 

O Google quer contribuir para diminuir essa frustração, então a partir de agora o buscador da empresa informará as limitações dos sites indicados nos resultados das pesquisas.

 

A empresa dá como exemplo o Flash, da Adobe, que não funciona nos dispositivos móveis da Apple e nem em Androids a partir da versão 4.1. Nesses casos, quando o internauta tentar acessar uma página com Flash, pode se deparar com um aviso assim:

 

Reprodução

Olhar Digital

Comentários