Governo do Ceará decreta situação de emergência em 41 municípios, dentre eles, Aurora

Governo do Ceará decreta situação de emergência em 41 municípios, dentre eles, Aurora

PUBLICIDADE
19 dez 2017

Decreto auxilia no repasse de recursos federais para os municípios. ( FOTO: Honório Barbosa/Diário do Nordeste )

O Governo do Ceará decretou situação de emergência em mais 41 municípios do Estado. O comunicado foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (18).

 

Conforme o texto assinado por Camilo Santana, a justificativa do decreto se dá pela “irregularidade das chuvas e as elevadas temperaturas vêm comprometendo o armazenamento de água, causando sérios problemas ao abastecimento, inclusive para o consumo humano e animal, desde o ano de 2012, reduzindo o padrão de qualidade de vida da população”.

 

Os municípios são: Alcântaras, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Ararendá, Assaré, Aurora, Baixio, Brejo Santo, Caririaçu, Catarina, Cedro, Chaval, Eusébio, Forquilha, Fortaleza, Horizonte, Ibaretama, Icapuí, Irauçuba, Ipaporanga, Itaitinga, Itapajé, Jaguaribara, Jaguaruana, Madalena, Maracanaú, Maranguape, Missão Velha, Nova Olinda, Pacajus, Parambu, Paramoti, Porteiras, Salitre, Santana do Acaraú, São Gonçalo do Amarante, São João do Jaguaribe, Umari, Uruoca e Várzea Alegre.

 

Hoje o Estado tem 102 municípios com reconhecimentos vigentes, mas 38 deles venceram no último dia 16. Porém, devem ser renovado com o novo decreto.

 

Auxílio emergencial

 

Para obter apoio material e financeiro da Defesa Civil nacional, os municípios devem apresentar um relatório com diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta (PDR), por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Após análise técnica por equipes da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), o Ministério da Integração define o valor do recurso a ser disponibilizado.

 

Decreto Municipal

 

O prefeito de Aurora – Júnior Macedo decretou situação de emergência no município por 180 dias.

 

decreto Nº 301101/2017, de 30 de novembro de 2017, declara em situação anormal, caracterizada como situação de emerência, nas áreas de toda zona rural, os Distritos Sede, Ingazeiras, Tipi e Santa Vitória, do município de Aurora, afetadas pela seca.

 

Diário do Nordeste

Comentários