Governo do Estado oficializa saída do secretário de saúde Carlile Lavor

PUBLICIDADE
12 maio 2015
 Carlile apontou problemas no Sistema Único de Saúde (SUS) que, como afirma, teve êxito em seus dez primeiros anos, mas começou a padecer por não acompanhar as demandas. FOTO: DIVULGAÇÃO

Carlile apontou problemas no Sistema Único de Saúde (SUS) que, como afirma, teve êxito em seus dez primeiros anos, mas começou a padecer por não acompanhar as demandas. FOTO: DIVULGAÇÃO

O Governo do Estado confirmou oficialmente, na noite de ontem, a exoneração de Carlile Lavor do cargo de secretário da Saúde. A Pasta foi assumida temporariamente pelo secretário-adjunto, Henrique Javi.

 

A decisão de sair da Secretaria da Saúde (Sesa) partiu do próprio Carlile Lavor e foi no dia 5 de maio. Em entrevista no último domingo (10), o médico sanitarista reconheceu que havia entregue o cargo no dia 4 de maio.

 

Ao descrever os motivos que o teriam feito desistir de continuar à frente da Secretaria da Saúde, Carlile Lavor admitiu que não só “chegou ao seu limite”, mas que “a crise (na Saúde) existe há dez anos, e hoje está agravada por alguns fatores”. Ele reconheceu ainda a “incapacidade de coordenação dos profissionais que integram o órgão”, durante os quatro meses que permaneceu como gestor da Pasta. Carlile apontou problemas no Sistema Único de Saúde (SUS) que, como afirma, teve êxito em seus dez primeiros anos, mas começou a padecer por não acompanhar as demandas. Agravantes como a dengue e o sarampo no Ceará potencializaram a situação neste período do ano.

 

A redução do orçamento do Ministério da Saúde, neste ano, foi outro fator que, conforme Lavor, dificultou as possibilidades dos governos estaduais, mas enfatizou que suas limitações à frente da Sesa estão mais relacionadas à gestão de pessoas do que aos cortes de investimentos.

 

Definição

 

Ainda que afastado do cargo, o médico afirmou que mantinha-se em conversas com o governador Camilo Santana, para ajudar a definir um novo nome para a Sesa. Ele acrescentou que a escolha deve acontecer ainda durante esta semana e, pelos indicativos, o novo nome será de alguém que já conhece a equipe. “Tenho o maior interesse em colaborar para que o novo secretário não encontre mais os problemas que eu encontrei”, garantiu.

 

Diário do Nordeste

Comentários