Grupo de vereadores da oposição tentam sem sucesso inviabilizar aprovação de Lei Orçamentária 2016

PUBLICIDADE
8 nov 2015

O Projeto de Lei Orçamentário Anual (LOA), que estima a receita e fixa a despesa do município de Aurora para o exercício financeiro de 2016, que havia sido encaminhado às comissões competentes pelo presidente da casa, o vereador Chico Henrique na sessão ordinária do dia 03 de outubro, foi aprovado neste sábado (07.11), mesmo sem a presença de cinco vereadores de oposição, que articularam sem sucesso uma possível inviabilização da aprovação da matéria, demonstrando falta de compromisso perante a responsabilidade que deveriam ter em um momento tão importante.

 

Vereadores que faltaram à reunião: Gerismar, Brasa, Paulo José, Aécio e Edísio. FOTO: AQUICONECTADOS

Vereadores que faltaram à reunião: Gerismar, Brasa, Paulo José, Aécio e Edísio. FOTO: AQUICONECTADOS

 

E se não bastasse faltar à sessão deste sábado, apesar de o projeto de lei tramitar na Casa a 37 dias, os faltosos sequer emitiram pareceres sobre o projeto, tendo este; que ser colocado em votação em plenário com base no Regimento Interno da Casa, que prevê a medida após decorridos 30 dias de tramitação da matéria.

 

Dois, dos cinco vereadores faltosos presidem comissões na Câmara

 

• Francisco Pereira Sales (Gerismar) – preside a Comissão de Educação, Saúde, Cultura, Ação Social e Meio Ambiente

 

• João Aécio da Silva – preside a Comissão de Orçamento e finanças

 

Enquanto Paulo José Leite Gonçalves integra a Comissão de Justiça e Redação, Edísio Leite integra a Comissão de Educação, Saúde, Cultura, Ação Social e Meio Ambiente e Antônio Wilton dos Santos (Brasa) integra a Comissão de Orçamento e Finanças.

 

Presente à sessão, o prefeito Adailton Macedo lamentou a atitude dos vereadores faltosos e reafirmou o compromisso de continuar trabalhando pelo povo de Aurora e zelando pelo dinheiro público até 31 de dezembro de 2016. Adailton agradeceu nominalmente a cada um que votou favoravelmente a aprovação do projeto.

 

arcaram presença à sessão e se posicionaram a favor do projeto os vereadores: Chico Henrique – PMDB, Olavo Batista – PMDB, Erivan Batista – PT, Aderlânio Macedo – PMDB, Maria Iracilda – PSL e Osasco Gonçalves – PSL.

 

Não compareceram à sessão para votar o projeto os vereadores: Gerismar Pereira – PSB, João Aécio – PSB, Brasa – PMDB, Paulo José – PRP e Edísio Leite – PSB.

 

NUM PASSADO RECENTE

 

Esta não é a primeira vez que vereadores da oposição tentam inviabilizar as ações do executivo municipal, tentando tirar proveito político em ano eleitoral. Quem não se lembra de 2012, quando por falta de dotações orçamentárias, em virtude de emendas atribuídas ao projeto, o município perdeu um montante de mais de 15 milhões de reais em investimentos?

Comentários