Horário de verão começa no próximo domingo

PUBLICIDADE
12 out 2017

O horário de verão neste ano terá início no próximo domingo (15). Com a medida, os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar os relógios em uma hora a partir das 0h. O horário segue até 18 de fevereiro do próximo ano e vale para moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

 

O horário de verão deste ano só foi confirmado no último dia 25 de setembro pelo Ministério de Minas e Energia, após o fim da medida ter sido cogitado pelo governo federal, diante de estudos mostram perda na efetividade de se ajustar o horário.

 

“A avaliação é que, sob a perspectiva do setor elétrico, o horário de verão não se justifica”, havia dito o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino.

 

Isso ocorre em razão das mudanças nos hábitos de utilização de energia elétrica. De acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), a temperatura é quem determina o maior consumo de energia e não a incidência da luz durante o dia, fazendo com que, atualmente, os picos de consumo ocorram no horário entre 14h e 15h, e não mais entre 17h e 20h.

 

Redução da economia

 

O ONS aponta que no horário de verão praticado em 2016/2017 a economia foi de R$ 159,5 milhões, valor abaixo período de 2015/2016, que foi de R$ 162 milhões. O governo informou que, para 2018, deve fazer uma pesquisa para decidir se mantém ou não o horário diferenciado nos próximos anos.

 

Chuvas

 

A escassez de chuvas e o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas este ano pesou na decisão do governo de manter o horário de verão este ano.

 

Apesar de descartar o acionamento das usinas termelétricas, cujo custo está acima do preço da energia no mercado à vista, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) autorizou o aumento da importação de energia da Argentina e do Uruguai e uma campanha de estímulo à economia de energia.

 

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então presidente Getúlio Vargas.

 

Diário do Nordeste

Comentários