INSS pode recorrer a redes sociais para cortar auxílio-doença

PUBLICIDADE
4 ago 2016
Suspensão de serviços (Foto: Reprodução)

Suspensão de serviços (Foto: Reprodução)

O Ministério da Previdência Social se prepara para iniciar, nos próximos dias, a operação pente fino para a atualização de informações sobre o auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. A revisão será feita em todos os benefícios pagos há mais de dois anos.

 

O recadastramento é uma medida administrativa para diagnosticar irregularidades e suspender benefícios pagos indevidamente. O pente-fino nos benefícios por incapacidade do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) não vai analisar somente a situação física do segurado que recebe auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez.

 

A revisão, programada para começar neste mês, vai inspecionar também as informações divulgadas pelos segurados em redes sociais, como é o caso do Facebook.

 

A investigação sobre o comportamento dos segurados expostos nas redes sociais pode flagrar situações que mostram uma vida saudável de quem vem recebendo o auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez.

 

Segundo um médico perito que participou da definição dos detalhes do pente-fino, a perícia vai além do exame físico e analisa todos os dados disponíveis em busca de entender a real situação do segurado avaliado. Esse tipo de pesquisa já pode ser considerada padrão.

 

Fonte: Ceará Agora / *Com inf. da Folha de S. Paulo

Comentários