Jovem é assassinado na zona rural de Aurora e suspeita é que tenha sido por engano

PUBLICIDADE
9 ago 2016
Bedigler foi morto a tiros de pistola (Foto: Reprodução

Bedigler foi morto a tiros de pistola (Foto: Reprodução)

Quase quatro meses depois um novo homicídio foi registrado em Aurora na região do Cariri. Por volta das 20 horas desta segunda-feira o jovem Bedigler Gomes Barbosa, de 18 anos, que residia no Sítio Vazante, foi assassinado a tiros de pistola no Sítio Lagoa do Machado a uma distância média de 15 Km para o centro de Aurora por dois homens encapuzados e de capacetes numa motocicleta Honda Bros de cor vermelha.

 

Segundo testemunhas, a dupla chegou efetuando vários disparos contra o rapaz atingindo-o na perna, no braço direito e três vezes no tórax causando sua morte no local. Fernando Barbosa, de 23 anos, ali residente, estava perto e saiu lesionado com um tiro na perna direita. Bedigler estava morando no Rio de Janeiro e há 15 dias retornou a Aurora. Familiares disseram acreditar que o jovem foi morto por engano.

 

Este foi o primeiro homicídio do mês de agosto em Aurora e o terceiro de 2016 no município, onde quatro pessoas tombaram mortas no ano passado. O último deste ano tinha ocorrido no dia 17 de abril com o achado do cadáver do agricultor Valdemar Alves de Menezes, de 48 anos, que residia no Sítio Franklandia em Aurora. Ele foi morto com dois golpes de foice na cabeça dentro de sua casa e durante uma bebedeira com Aparecido Francieli de Almeida, de 38 anos, que fugiu após confessar o crime a um irmão.

 

Fonte: Agência Miséria

Comentários