Justiça do Trabalho do Ceará celebra realização do primeiro acordo via WhatsApp

Justiça do Trabalho do Ceará celebra realização do primeiro acordo via WhatsApp

PUBLICIDADE
14 nov 2016
Os advogados das duas partes foram adicionados ao grupo juntamente com o magistrado encarregado por promover a conciliação.

Os advogados das duas partes foram adicionados ao grupo juntamente com o magistrado encarregado por promover a conciliação.

A Justiça do Trabalho do Ceará realizou, no dia 8 de novembro, o primeiro acordo via WhatsApp. A audiência virtual entre a Caixa Econômica Federal (CEF) e duas ex-funcionárias da instituição foi intermediada pelo Núcleo de Conciliações do Tribunal Regional do Trabalho e resultou em um acordo de R$ 76 mil.

 

O coordenador das conciliações no TRT/CE, desembargador José Antonio Parente, realizou a audiência e falou sobre as vantagens do serviço. “Todo o procedimento é feito pelo aplicativo, inclusive o trâmite de documentos. Ao final, com a homologação judicial, é só a pessoa dirigir-se ao banco para receber o dinheiro”, explica.

 

Para o magistrado, a iniciativa traz agilidade à resolução dos processos, além de economia de tempo e de custos, já que as partes não precisam deslocar-se ao Fórum ou ao Tribunal para participar da audiência.

 

O caso da CEF e das ex-funcionárias foi resolvido em poucas horas. Após receber o pedido de acordo por meio do WhatsApp, foi criado um grupo com o número do processo.

 

Os advogados das duas partes foram adicionados ao grupo juntamente com o magistrado encarregado por promover a conciliação.

 

No grupo do WhatsApp, as partes, os advogados e o magistrado trocaram informações sobre o processo e iniciaram a transação. Após chegarem a um consenso, os documentos foram revisados e o magistrado os assinou eletronicamente. Às 16h do mesmo dia, as partes já estavam de posse da ata assinada. A audiência virtual com o banco e as ex-funcionárias havia iniciado às 11h, e o processo, que tramitava desde 2011, foi resolvido em algumas horas.

 

Quero conciliar

 

O novo serviço teve início no dia 7 de novembro e já registra uma grande procura. Para solicitar a audiência de conciliação é simples. Basta passar uma mensagem com o número do processo e o nome das partes para o WhatsApp 98818-9393. O pedido será analisado e, caso seja possível realizar a audiência virtual, a outra parte será comunicada.

 

No Brasil

 

O primeiro acordo por meio da ferramenta de mensagens instantâneas de textos aconteceu em junho deste ano, na 6ª Vara do Trabalho de Campinas/SP. A inciativa pioneira é finalista na categoria juiz do XIII Prêmio Innovare, a mais importante premiação da Justiça brasileira.

 

Fonte: Ceará News 7

Comentários