Mais 38 municípios cearenses têm reconhecimento de situação de emergência pela União

PUBLICIDADE
13 jul 2017

Em todo o Ceará, são 38 os municípios com reconhecida situação de emergência.

Mais 38 municípios cearenses tiveram reconhecimento de situação de emergência pelo Ministério da Integração Nacional por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), publicado nesta quarta-feira, 12, através de portaria publicada no Diário Oficial da União.

 

A seca e a estiagem são a razões que levaram o Governo Federal a decretar o reconhecimento de emergência que possibilita às prefeituras solicitarem o apoio da União para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas por desastres naturais.

 

Em todo o Ceará, são 38 os municípios com reconhecida situação de emergência: Aracoiaba, Aratuba, Brejo Santo, Caririaçu, Carnaubal, Catarina, Cedro, Chaval, Guaraciaba do Norte, Ibicuitinga, Icapuí, Ipaumirim, Irauçuba, Itapajé, Itapiúna, Jaguaruana, Madalena, Missão Velha, Morrinhos, Nova Olinda, Pacajus, Paramoti, Porteiras, Potiretama, Quiterianópolis, Quixeré, Redenção, Russas, Salitre, São Gonçalo do Amarante, São João do Jaguaribe, Senador Pompeu, Tabuleiro do Norte, Umari, Umirim, Uruoca, Varjota e Várzea Alegre.

 

Outras 98 cidades cearenses, inclusive Fortaleza, que estavam situação de emergência para vencer nesta quarta-feira, tiveram os decretos renovados.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários