Menor estupra e mata jovem de 19 anos e avó dela de 70

Menor estupra e mata jovem de 19 anos e avó dela de 70

PUBLICIDADE
26 fev 2015
Menor de 15 anos matou a jovem Michelly, de 19, e avó dela de 70 anos

Menor de 15 anos matou a jovem Michelly, de 19, e avó dela de 70 anos. FOTO: RICHARD LOPES/AGÊNCIA MISÉRIA

 

Um vendedor de produtos naturais um menor tentou abusar sexualmente de uma jovem de 19 anos no Centro de Jucás. A vó da vítima tentou impedir e foi morta à facadas. A jovem também recebeu um golpe no pescoço e estava a caminho do Hospital regional do Cariri, em Juazeiro, quando faleceu em Farias Brito.

O crime ocorreu na Rua Tadeu de Paula Brito, Centro de Jucás às 11h desta quarta-feira, 25. O menor ofereceu produtos naturais e pediu água a jovem Michelly Nascimento Bezerra, 19 anos. Quando ela se distraiu, ele a levou para o quarto com violência e tentou manter relações sexuais com ela.

 

A avó dela, Antonieta Pereira Bezerra, 70 anos, ao perceber o que ocorria, saiu em defesa da neta, mas foi golpeada no pescoço com uma faca da própria casa. Em seguida, a jovem também foi ferida no pescoço. Enquanto a avó morreu no local, Michelly foi transferida para o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, porém morreu a caminho em Farias Brito.

 

Fuga

 

Logo após praticar o crime, o menor de 15 anos fugiu. Ele estava na companhia de outros três vendedores que suspeitaram dele por não ter retornado com os produtos. Ele informou que tinha deixado na casa de um homossexual com quem tinha praticado relações sexuais.

 

Com a ajuda de populares, o Serviço reservado da Polícia de Iguatu conseguiu localizar e apreender o adolescente escondido no Sítio Lagoa das Portas, zona rural de Jucás. Ele confessou com frieza os crimes e disse não se lembrar de quantos golpes desferiu contra as vítimas.

 

Outros crimes

 

Ele foi mais além e confessou ter participado de um estupro em Iguatu em 2013 em que uma dona de casa foi abusada sexualmente por cerca de meia hora. O adolescente já tinha sido internado em centros sócio-educativos de Fortaleza e Juazeiro do Norte e novamente está à disposição.

 

Agência Miséria

*Com inf. do Radialista Richard Lopes

Comentários