Mulher perde controle de veículo, derruba bomba de gasolina e causa incêndio em Juazeiro do Norte

PUBLICIDADE
6 ago 2014
Mulher perde controle de veículo, derruba bomba de gasolina e causa incêndio. (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

Mulher perde controle de veículo, derruba bomba de gasolina e causa incêndio. (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

Às 08h e 20 min – Por pouco, um acidente de trânsito não termina em tragédia maior no meio da tarde desta terça-feira na chamada rotatória do Triângulo Crajubar em Juazeiro do Norte. Para evitar a colisão com uma motocicleta, a motorista de um veículo Vectra de cor vinho e placas BZO-5577, inscrição de Juazeiro, freou bruscamente na Avenida Padre Cícero quando perdeu o controle do carro indo na direção do Posto de Combustível Delta. Ele ainda tocou levemente na moto que tinha acabado de sair da rotatória e tomaria, preferencialmente, a Avenida Leão Sampaio na direção de Barbalha.

 

Provavelmente, a motorista desenvolvia alta velocidade e não conteve o carro que chocou-se violentamente contra uma bomba de gasolina chegando a atirá-la a uma distância de oito metros adiante. O veículo ainda atingiu o frentista Francisco Roberto, de 32 anos, que tinha acabado de abastecer um carro e saía das imediações da bomba. Ele apresentava lesões na cabeça, no braço e nas pernas.

 

Após derrubar a bomba, o Vectra foi esbarrar nas imediações do local onde funcionou um restaurante e, por pouco, não atingiu um caminhão tanque que estava abastecendo o posto. O carro dela começou a pegar fogo a exemplo da base da bomba no espaço de onde foi arrancada. A correria foi grande no estabelecimento e, logo, surgiram muitos funcionários do posto e voluntários com extintores a fim de debelar as chamas.

 

Viaturas do Ronda do Quarteirão estiveram no local e os policiais acionaram militares do Corpo de Bombeiros e ambulâncias do SAMU que socorreram ao Hospital Regional do Cariri a jovem que pilotava a moto com lesões leves, a motorista causadora do acidente em estado de choque e o frentista do posto de combustíveis.

 

Agência Miséria

Comentários