Polícia de Lavras da Mangabeira descobre paradeiro de acusado de homicídio em um bar

Polícia de Lavras da Mangabeira descobre paradeiro de acusado de homicídio em um bar

PUBLICIDADE
13 ago 2015

Agência Miséria – A polícia de Lavras da Mangabeira não só elucidou como prendeu um homem acusado de homicídio registrado no dia 6 de junho no interior do Bar da Goiaba naquele município. José Ferreira Lemos é conhecido como “Zé Guará” e acusado de ter matado a golpes de faca Damião Lúcio Cavalcante, de 32 anos, que residia na Rua Antonio Gonçalves, 62 no bairro Aranha em Lavras da Mangabeira.

 

Zé Guará foi preso nesta quarta-feira. FOTO: AGÊNCIA MISÉRIA

Zé Guará foi preso nesta quarta-feira. FOTO: AGÊNCIA MISÉRIA

Na tarde de ontem o Cabo R. Silva e os Soldados Antero e Weverton obtiveram informações anônimas de que o mesmo se encontrava refugiado na residência de um amigo apelidado por “Zezinho” na Rua Marieta Augusto, 1064 (Bairro Cruzeiro) e foram lá. Ao se depararem com o acusado apresentaram a este o Mandado de Prisão Preventiva expedido pela justiça e o recolheram à Cadeia Pública de Lavras da Mangabeira.

 

No início da madrugada do dia 6 de junho Damião foi esfaqueado no bar e morreu, momentos depois, no Hospital São Vicente Férrer. Populares acusaram “Zé Guará” e este se apresentou na delegacia negando e atribuindo o crime a Vicente Bezerra dos Santos Filho o qual devolveu a acusação. Ambos terminaram levados para uma acareação e as investigações apontaram o primeiro como o autor. Zé Guará já responde processos nas comarcas de Santana do Cariri, Várzea Alegre e Lavras da Mangabeira.

Comentários