Polícia de Lavras da Mangabeira descobre paradeiro de acusado de homicídio em um bar

PUBLICIDADE
13 ago 2015

Agência Miséria – A polícia de Lavras da Mangabeira não só elucidou como prendeu um homem acusado de homicídio registrado no dia 6 de junho no interior do Bar da Goiaba naquele município. José Ferreira Lemos é conhecido como “Zé Guará” e acusado de ter matado a golpes de faca Damião Lúcio Cavalcante, de 32 anos, que residia na Rua Antonio Gonçalves, 62 no bairro Aranha em Lavras da Mangabeira.

 

Zé Guará foi preso nesta quarta-feira. FOTO: AGÊNCIA MISÉRIA

Zé Guará foi preso nesta quarta-feira. FOTO: AGÊNCIA MISÉRIA

Na tarde de ontem o Cabo R. Silva e os Soldados Antero e Weverton obtiveram informações anônimas de que o mesmo se encontrava refugiado na residência de um amigo apelidado por “Zezinho” na Rua Marieta Augusto, 1064 (Bairro Cruzeiro) e foram lá. Ao se depararem com o acusado apresentaram a este o Mandado de Prisão Preventiva expedido pela justiça e o recolheram à Cadeia Pública de Lavras da Mangabeira.

 

No início da madrugada do dia 6 de junho Damião foi esfaqueado no bar e morreu, momentos depois, no Hospital São Vicente Férrer. Populares acusaram “Zé Guará” e este se apresentou na delegacia negando e atribuindo o crime a Vicente Bezerra dos Santos Filho o qual devolveu a acusação. Ambos terminaram levados para uma acareação e as investigações apontaram o primeiro como o autor. Zé Guará já responde processos nas comarcas de Santana do Cariri, Várzea Alegre e Lavras da Mangabeira.

Comentários