Prefeitura de Aurora realiza apresentação do plano de execução do PAA I 2019

Prefeitura de Aurora realiza apresentação do plano de execução do PAA I 2019

PUBLICIDADE
5 jun 2019

O Governo Municipal de Aurora por intermédio da Coordenação Municipal da Merenda Escolar da Agricultura Familiar realizou, nesta quarta-feira, 5 de junho, na Casa da Cultura, centro da cidade, importante reunião concernente a apresentação do plano de execução do PAA I (Programa de Aquisição de Alimentos), edição 2019. O Programa acontece através de uma parceria entre o Ministério da Cidadania, Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e a Prefeitura Municipal de Aurora. É importante salientar que a nível estadual o PAA é coordenado pela profissional Mônica Macedo.

 

FOTO LUIZ NETO

 

O momento contou com a participação de dezenas de agricultores (as) familiares, bem como de representantes de instituições. A princípio, o secretário de agricultura do município, José Dácio de Souza registro as presenças da Coordenadora Municipal do PAA e do PNAE, Eliza Alves; do presidente do Serviço de Inspeção, veterinário Gleydson Cálio; o Secretário da Educação, professor Raimundo Leal; a Nutricionista, Nayara; presidente do Conselho de Alimentação Escolar, professor Tony Albuquerque; dentre outros.

 

Dácio lembrou que em âmbito municipal vem trabalhando a aproximadamente a 8 anos no PAA, cuja sigla anteriormente pertencia ao Ministério do Desenvolvimento Social, mas que atualmente é trabalhado pelo Ministério da Cidadania. Destacou que o município de Aurora tem feito o seu dever de casa no que diz respeito ao cumprimento das normas estabelecidas pelo referido programa. Falou ainda que o sucesso do programa é o beneficiário está satisfeito com a qualidade dos produtos, inclusive disse aos produtores que a entrega dos alimentos do PNAE deverão ser entregues nas segundas-feiras, enquanto os do PAA nas terças.

 

“Nós temo como fazer uma programação dependendo do nosso passo a passo; graças a Deus iniciamos ainda no mês de março; fizemos a chamada pública a tempo, portanto, ficando aptos a participar do programa”, comentou José Dácio.

 

A nutricionista do município, Nayara, em sua fala destacou a boa qualidade dos produtos produzidos pelos agricultores (as) familiares, como também informou que é o ovo não pode figurar na lista dos alimentos da merenda escolar, conforme o estabelecido pela esfera superior, a exemplo de outros itens.

 

O Secretário Municipal de Educação, Raimundo Leal, disse está muito feliz, tanto pela merenda servida aos alunos da rede pública municipal de ensino, como também pela alta freqüência de alunos nas salas de aulas. Leal falou que mesmo no período das provas, a merenda deverá ser servida nos mesmos moldes dos outros dias letivos. “Acredito que o aluno bem alimentado a tendência é de que as ‘coisas’ aconteçam”, argumentou o secretário.

 

O Presidente do Serviço de Inspeção de Aurora, o médico veterinário Gleydson Cálio destacou que o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) são programas que beneficiam exclusivamente pequenos agricultores (as) familiares. “Nosso papel como inspeção e vigilância é justamente fiscalizar o cumprimento das normas estabelecidas pelas regras. Tem gente (manipulador de alimentos) que tem dificuldade para cumprir as normas exigidas”, disse Cálio.

 

O Presidente do CAE (Conselho de Alimentação Escolar), professor Tony Albuquerque, discorreu acerca de como é difícil conduzir de forma minuciosa os trabalhos do CAE, inclusive disse que certo dia o referido conselho foi surpreendido por membros de fiscalização do TCE, porém, nenhuma irregularidade foi constatada. Tony falou também que no caso de inserção de novos produtos na lista da merenda escolar é importante que haja um teste de aceitação ou não dos alunos.

 

A Coordenadora Municipal do PAA e do PNAE, Eliza Alves, informou que desde o mês de janeiro do corrente ano, vem participando de atividades informativas acerca do PAA. Falou que dos 114 municípios cearenses participantes do PAA, apenas 45 já estão nos conformes das exigências, portanto, aptos a receberem os recursos. Elisa lembrou aos agricultores (as) presentes no evento, a obrigatoriedade de rotulação dos produtos, contendo data de fabricação e de vencimento. Por fim, falou que na próxima sexta-feira, 7, estará participando do PAA CEARÁ.

 

Ademais, houve a assinatura das propostas tanto dos agricultores (as) bem como pelos representantes de instituições.

 

Assessoria de Comunicação/Luiz Neto

Comentários