Projeto facilita a emissão de Registro Civil de Nascimento em Aurora

Projeto facilita a emissão de Registro Civil de Nascimento em Aurora

PUBLICIDADE
20 abr 2016

A Comarca de Aurora larga na frente e se apresenta como uma das pioneiras na região do Cariri quanto à implantação do Projeto de Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento.

 

O Projeto em si, busca fazer com que todas as crianças nascidas na Unidade Hospitalar do município, a chamada “Unidade Interligada” saiam com o Registro Civil de Nascimento expedido. FOTO: DIVULGAÇÃO

O Projeto em si, busca fazer com que todas as crianças nascidas na Unidade Hospitalar do município, a chamada “Unidade Interligada” saiam com o Registro Civil de Nascimento expedido. FOTO: DIVULGAÇÃO

 

A medida ocorre em cumprimento aos provimentos 12 e 13 do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, que determina a Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento.

 

O Projeto em si, busca fazer com que  todas as crianças nascidas na Unidade Hospitalar do município, a chamada “Unidade Interligada” saiam com o Registro Civil de Nascimento expedido.

 

A utilização de um sistema informatizado, que permite o envio de informações da “Unidade Interligada” (Hospital Geral Ignêz Andreazza) em tempo real, via rede mundial de computadores, às Serventias Extrajudiciais. FOTO: DIVULGAÇÃO

A utilização de um sistema informatizado, que permite o envio de informações da “Unidade Interligada” (Hospital Geral Ignêz Andreazza) em tempo real, via rede mundial de computadores, às Serventias Extrajudiciais. FOTO: DIVULGAÇÃO

 

A utilização de um sistema informatizado, que permite o envio de informações da “Unidade Interligada” (Hospital Geral Ignêz Andreazza) em tempo real, via rede mundial de computadores, às Serventias Extrajudiciais, ou seja, o Cartório de 1º Ofício localizado na sede, o Cartório de 1º Ofício do Distrito de Tipi e o Cartório de 1º Ofício do Distrito de Ingazeiras, viabiliza a emissão da Certidão de Nascimento das crianças nascidas na unidade de saúde antes mesmo de receberem alta hospitalar.

 

O Projeto de Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento foi implantado inicialmente em Aurora em outubro de 2015, passando a ser desenvolvido de maneira parcial, dada a ausência naquele momento da estrutura necessária para seu pleno funcionamento.

 

O Projeto de Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento foi implantado inicialmente em Aurora em outubro de 2015. FOTO: DIVULGAÇÃO

O Projeto de Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento foi implantado inicialmente em Aurora em outubro de 2015. FOTO: DIVULGAÇÃO

 

Entretanto, desde março deste ano, o projeto passou a ser implementado em sua plenitude, conforme determina o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), após disponibilização pela Secretaria da Saúde do Estado – SESA, de computador, impressora, dentre outros equipamentos.

 

Da Redação – AQUICONECTADOS

Comentários