‘Projeto Semear’ realiza ato de conscientização a favor de portadores de necessidades especiais

PUBLICIDADE
27 maio 2018

O Projeto Semear, que tem a frente o radialista e Conselheiro Tutelar Mardônio Barros promoveu neste sábado (26/maio) um ato simbólico de conscientização e respeito junto àqueles portadores de necessidades especiais.

 

Com o tema: “Ser diferente não é um problema. O problema é ser tratado diferente”, país de crianças com alguma deficiência e simpatizantes da ideia, aderiram a campanha do Projeto Semear. FOTO: RENATO BRITO

 

Com o tema: “Ser diferente não é um problema. O problema é ser tratado diferente”, país de crianças com alguma deficiência e simpatizantes da ideia, aderiram a campanha do Projeto Semear e percorreram simbolicamente em forma de caminhada, parte da Avenida Antônio Ricardo, no centro de Aurora, sob o chamamento de Mardônio Barros, que chamou atenção de todos para o tratamento igualitário independentemente de ser portador ou não de alguma deficiência.

___________________________________________________________

“Ser diferente não é um problema. O problema é ser tratado diferente”

___________________________________________________________

Projeto Semear

 

O ato de conscientização antecedia o III Festival de Música Talento Mirim, que ocorreria na Associação Beneficente Aurorense (A.B.A). O festival terminou sendo adiado, após o comunicado do falecimento do pai do idealizador do projeto, Mardônio Barros, José Ferreira de Barros, o conhecido Zé de Zabé.

 

Com o tema: “Ser diferente não é um problema. O problema é ser tratado diferente”, país de crianças com alguma deficiência e simpatizantes da ideia, aderiram a campanha do Projeto Semear. FOTO:RENATO BRITO

 

Por conta do ocorrido, uma nova data será marcada para realização do festival.

 

O Portal Aquiconectados, em nome de Renato Brito, se solidariza ao colega Mardônio Barros neste momento de extrema dor, pela perda irreparável do seu genitor, seu Zé de Zabé. Força aos familiares para superarem este momento de dor. Nossas sinceras condolências.

Comentários