Reunião discute melhorias e cobra providências da Cagece sobre problemas

PUBLICIDADE
27 abr 2016
Dr. Sebastião Rangel Filho, Chefe de Gabinete do Prefeito. Foto: Renato Brito

Dr. Sebastião Rangel Filho, Chefe de Gabinete do Prefeito. Foto: Renato Brito

Uma reunião provocada pela Chefia de Gabinete do prefeito Adailton Macedo, através do Dr. Sebastião Rangel Filho, com a participação do Secretário de Agricultura e Recursos Hídricos – José Dácio e do Topógrafo do município – Rafael, com representantes da Cagece local discutiu vários problemas inerentes a atuação da concessionária no município.

 

No encontro, foi cobrada da Cagece a aquisição de uma bomba reserva para ser utilizada sempre que houver problema com a que esteja em uso. Segundo Dr. Sebastião a aquisição do equipamento se faz necessária, uma vez que sempre que a bomba em uso apresenta problema no seu funcionamento; o bombeamento de resíduos feito para a Estação de Tratamento fica comprometido.

 

Em resposta, os representantes da Cagece afirmaram que um pedido de uma nova bomba já foi feito a regional de Juazeiro do Norte, já que o Posto local não dispõe do equipamento em estoque.

 

Outro assunto discutido na reunião foi a qualidade da água distribuída pela Cagece aos seus usuários que nesta época do ano apresenta uma coloração estranha, turva, o que vem pondo em dúvida a portabilidade do líquido por parte da população. Apesar da turva, a Cagece garante que a água pode ser consumida, ou seja, não representa riscos à saúde da população.

 

Outra importante pauta discutida na reunião foi referente à redução do uso da água armazenada no Açude Cachoeira, que por sinal conta com pouco mais de 17% da sua capacidade. Para a própria Cagece, a principal medida capaz de poupar significativamente o líquido precioso seria a construção da adutora no trecho de três quilômetros por onde a água corre a céu aberto. Cerca de 20% da água despachada do Açude Cachoeira se perde pelo caminho, em virtude da ausência da adutora.

 

Outro problema constante ocasionado pela Cagece e que também foi tratado na reunião é quanto aos estragos provocados pela companhia na malha viária; sempre que se faz necessário realizar algum reparo na rede. Ou seja, a Cagece danifica a camada asfáltica para escavar o solo e na maioria das vezes não corrige o problema, o que deixa o solo totalmente irregular. A Cagece garantiu que uma empresa será contratada para reparar tais danos ao patrimônio.

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE AURORA

Comentários