Samu terá serviço ampliado em 12 municípios do Ceará

Samu terá serviço ampliado em 12 municípios do Ceará

PUBLICIDADE
11 out 2017

amu será ampliado em 12 cidades do Ceará (Foto: Divulgação)

Doze municípios do Ceará deverão receber R$ 3 milhões a mais por ano para custear 15 serviços do Samu 192. O anúncio foi feito nesta terça-feira (10) pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. Alto Santo, Boa Viagem, Fortaleza, Jaguaruana, Tabuleiro do Norte, Caucaia, Maracanaú, Sobral e Eusébio, vão receber mais um serviço; enquanto que Canindé, Itapipoca e Quixeramobim, recebem dois serviços Samu 192, cada.

 

Em todo país, serão mais R$ 33 milhões por ano para ampliar e qualificar o Samu 192. Esses recursos serão destinados a 241 serviços, um total de 148 ambulâncias, oito motolâncias (serviço de motocicleta do Samu), dois aeromédicos, uma ambulancha e sete centrais de regulação.

 

O novo aporte garante o funcionamento de 57 serviços que ainda não recebiam custeio federal, sobrecarregando estados e municípios. Ao todo, serão habilitadas com o reforço 50 ambulâncias, cinco motolâncias, um aeromédico e uma central de regulação, um impacto de R$ 13 milhões por ano.

 

Atualmente, o Samu atende 81,8% da população brasileira, atuando em 3.514 municípios. Em todo o País, o Ministério da Saúde já habilitou 3.255 unidades móveis, sendo 2.659 Unidades de Suporte Básico e 596 de Suporte Avançado. Além disso, o Brasil conta com 267 Motolâncias, 13 Equipes de Embarcação, 12 Equipes Aeromédicas e 191 centrais de regulação, com um investimento de R$ 714,7 milhões ao ano.

 

O objetivo do Samu 192, que funciona 24 horas por dia, é socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.

 

O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, pelo número 192. A partir do atendimento, as equipes formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas são destacados para prestar o atendimento.

 

G1 Ceará

Comentários