Secretário de Governo e Gestão de Aurora afirma que recursos para média e alta complexidade recebe mesmo valor há 17 anos

PUBLICIDADE
28 set 2017

O secretário lamentou a queda de receita que gira em torno e 2,1 milhões para o município de Aurora nestes últimos oito meses de gestão. FOTO: RENATO BRITO

O secretário de Governo e Gestão de Aurora, Adailton Macedo afirmou nesta quarta que a primeira crise do país a ser considerada é a política, que afeta a todos , recaindo as consequências sobre os municípios, os mais penalizados, entre as três esferas do poder.

 

O secretário lamentou a queda de receita que gira em torno e 2,1 milhões para o município de Aurora nestes últimos oito meses de gestão.

 

Curta nossa página no facebook

 

O secretário falou das críticas direcionadas ao poder público municipal, com relação ao calçamento situado na entrada do município, no início da CE – 288, no Bairro Araçá. Segundo ele, o problema existe, porém os críticos esquecem de dizer que recentemente o governo do estado veio ao município inaugurar a referida obra, o que mostra que o serviço não foi bem feito, portanto, algo de responsabilidade do estado. O secretário afirmou que o município não procedeu com a recuperação do trecho ainda, devido a falta de recursos.

 

O secretário de Governo e Gestão mencionou ainda a necessidade de criação de uma lei que regulamente o tráfego de veículos pesados nas ruas da cidade, visto que veículos pesados estão danificando o solo, exemplo do que vem ocorrendo na Rua Cícero José do Nascimento, no Bairro Araçá.

 

Adailton se referiu ainda as críticas feitas à qualidade dos serviços de saúde. Ele detalhou que o mesmo valor de R$ 122.000 destinado ao município no ano 2000 para investir na saúde, na média e alta complexidade é o mesmo repassado hoje. Portanto a 17 anos, o valor destinado pelo Governo Federal permanece no mesmo. O secretário reconheceu as dificuldades, no entanto, disse é difícil evoluir com a limitação dos recursos.

Comentários