Vereador pretende instituir o dia “É gol da Alemanha” em Campinas

PUBLICIDADE
5 ago 2015

Gazeta Esportiva – A cidade de Campinas poderá ter uma data especial inusitada. O vereador Jota Silva (PSB) criou um projeto de lei que pretende instituir o dia do “É gol da Alemanha” em 8 de julho, quando o Brasil foi derrotado por 7 a 1, no Mineirão. Ele, inclusive, já foi lido e apresentado em plenário.

 

“Anualmente, devemos lembrar este dia com o objetivo de cobrar mais seriedade por parte das nossas autoridades esportivas com relação ao nosso futebol. O brasileiro que tem no futebol uma de suas grandes paixões vem sendo enganado, surrupiado e tão pouco levado a sério em prol do enriquecimento ilícito de nossos dirigentes esportivos”, escreveu na justificativa do projeto de lei.

 

O texto do PLO (projeto de lei ordinária) 229/2015 tem três páginas para embasar a criação da data. “Nobres colegas desta casa, esta lei vai permitir reunir todo mês de julho, os agentes esportivos de nossa cidade, dirigentes, clubes, jogadores e crônica esportiva debatendo sobre o assunto, para tirar lições desta grande tragédia e construir dias melhores para o nosso tão querido e amado futebol. Longe de ser um dia para piadas e gozações e sim um dia para refletir e pensar na construção de um futebol sem corrupção, sem batalhas entre torcidas organizadas, ou seja, um futebol para o povo”.

 

Jota Silva também é radialista em Campinas e está em seu terceiro mandato como vereador do munícipio do interior paulista. É autor dos projetos de lei que instituíram na cidade, por exemplo, a “Semana da Música Sertaneja”, o “Dia do Policial” e o “Dia do Instrutor de Autoescola”.

O vereador Jota SIlva é o autor do projeto que visa lembrar o dia do 7 a 1 (Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Campinas)

O vereador Jota SIlva é o autor do projeto que visa lembrar o dia do 7 a 1 (Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Campinas)

Comentários