Base aliada de Eunício em turbulência após resultado das eleições

Base aliada de Eunício em turbulência após resultado das eleições

PUBLICIDADE
12 out 2018

A derrota do senador Eunício Oliveira (MDB) no pleito deste ano ainda gera turbulências na ampla base do governador Camilo Santana. Emedebistas ainda demonstram insatisfação com uma alegada ‘quebra de acordo’ entre líderes aliados ao partido. Um dos parlamentares avaliam a possibilidade, inclusive, de fazer oposição.

 

Leonardo Araújo disse que o resultado ruim para Eunício se deu por conta da falta do cumprimento de alguns acordos.

 

O deputado Leonardo Araújo (MDB), por exemplo, teceu diversas críticas aos ex-governadores Ciro e Cid Gomes, bem como ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, afirmando que houve “traição” por parte de alguns aliados durante o processo de eleição.

 

O parlamentar afirmou que seguirá orientações do senador Eunício, mas seu posicionamento particular é de ir para a oposição. “Essa é minha vontade em virtude das traições dos aliados do governador. A gente sabe que eles trabalharam contrários à reeleição de Eunício, prejudicando o Ceará por questões pessoais”, disparou.

 

Mais comedido, o deputado Danniel Oliveira (MDB) ressaltou que todo o processo eleitoral ainda está sendo digerido, mas destacou que com o governador Camilo Santana não houve qualquer “dissabor”. “Todos os filiados seguirão o que o partido definir, mas tudo isso é muito recente. Vai depender da conversa entre eles”, afirmou.

 

Tudo bem

 

O secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, informou que desconhece desentendimento entre Governo e emedebistas. O deputado Elmano de Freitas (PT) foi mais duro. “Fica parecendo que a aliança era apenas por conveniência política. Acho que o eleitorado não vê esse comportamento com bons olhos”, disse.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários